O Livro Poliarquia, de Robert Dahl, é um clássico da Ciência Política. Nele o autor procura estabelecer elementos para compreender e classificar as democracias a partir de certas características, como a oportunidade de contestação pública e possibilidade de participação nas eleições.

Ressalto que, para ele, a democracia é uma meta ideal. Um alvo distante demais para ser alcançado, e que no mundo real os governos poderiam ser classificados em distintos graus a partir dos eixos que citei acima. Sendo assim, um sistema em nível adiantado, tanto de contestação como de participação, estará perto do ideal de democracia, um regime relativamente democratizado. É esse regime “relativamente democratizado” que Dahl conceitua/batiza como Poliarquia.

Neste momento de solavancos que a democracia tem passado, este livro nos traz uma análise bastante acurada e realista. Recomendo a todos!

Vamos adiante aprimorando o nosso pensamento estratégico 📈 

📚 Boa leitura!

Editoria: Dica